quarta-feira, 11 de agosto de 2010

MELODIA DA PAZ...


HOJE O DIA ESTÁ FRIO
A MELODIA DO TRINCA FERRO
AQUECE MEU CORAÇÃO
ELE VIVE A VOAR
EM MEU RECANTO DE AMOR
ELE ADORA FAZER POSSE
NA JANELA DA COZINHA
OS DESUMANOS
LHE DEIXARAM EM PAZ
ELES NÃO CANTAM TÃO BEM
QUANTO ELE
ELE FAZ POESIA
PURA
IMACULADA
DELICADA
ETERNA
SÓ PARA
MIM
OS DESUMANOS
NÃO CONSEGUEM ESCUTAR

CARLA FABIANE

9 comentários:

D.Ramírez disse...

Uma poesia que encanta.
Seja bem vinda, adorei aqui;)

Besos

Marilu disse...

Querida amiga, nada como a liberdade, ninguem canta ou fica feliz fechado, seja em uma gaiola ou em um palácio...Beijocas

armalu disse...

Parabéns Carla seu texto esta lindo. bj

Pelos caminhos da vida. disse...

Fim de semana de muita luz, amor pra vc amiga.

Obrigada pela sua visita.

beijooo.

Richard Mathenhauer disse...

... há de se ter ouvidos para ouvir estrelas e outras melodias que desumanos nao ouvem...

Abraços,

DANIELA BORALI ॐ disse...

Amo sua poesia... E por isso coloquei uma delas em meu blog...
Sei que vai gostar... Porque eu amei!!!!!!!
Beijos minha querida e um ótimo domingo para você!!!!
Dani

Elaine Barnes disse...

Poesia que canta e encanta. Por coincidência hoje vi um passarinho verde literalmente na ponta de um galho que chamava pela mãe tenho certeza. Ficou lá sozinho muito tempo. Tirei uma foto mas o zoom da máquina não era legal.
Lindo esse passarinho da sua foto e o poema delicioso.
Obrigada pelas visitas. Montão de bjs e abraços

Zé Carlos disse...

Carla querida, você é um encanto!!!!

Beijos do ZC

ferreiralopes disse...

Volto à sua página sempre com muito prazer. Está assim tanto frio, Carla Fabiane? Hihihi...